Pinned post

Ensinando uma prática de serigrafia artesanal, simples e barata, sem revelação da tela serigráfica

youtu.be/7iRuvhtV-aA

Nesta edição do Almanaque da Aconchego viajamos para o Rio Grande do Sul para conhecer a história da Rádio Web Canções de Terreiro. Conversamos com o diretor da rádio, Michael Pagno, mais conhecido como Maicom, quem compartilhou com a gente a trajetória da mídia a partir da necessidade de comunicar o que o terreiro Tenda Xangó Sete Raios vem fazendo.

Vem folhear conosco o Almanaque da Aconchego! Quinta-feira, às 15h, pela Frei Caneca FM.
freicanecafm.org/

Oreste boosted

Nesta edição do Almanaque da Aconchego conversamos com a educomunicadora comunitária Manina Aguiar, que compartilha sua história em relação às rádios comunitárias.

Com uma trajetória muito rica nessa área, Manina Aguiar, atualmente, faz parte do programa Rádio Mulher, realizado pelo Centro das Mulheres do Cabo de Santo Agostinho.

Vem folhear conosco o Almanaque da Aconchego! Quinta-feira, às 15h, pela freicanecafm.org/

Oreste boosted

Neste programa do Almanaque da Aconchego conversamos com Sarah Coutinho, estudante de jornalismo e colaboradora do coletivo Café Colombo, localizado em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A conversa foi sobre a história e atuação do coletivo no território e as estratégias que a equipe utiliza para fazer comunicação popular abordando a temática da cultura em uma linguagem acessível para todas as classes.
Quinta-feira às 15h pela freicanecafm.org

Neste programa do Almanaque da Aconchego vamos conhecer mais sobre o Escambo Coletivo , organização autônoma que atua pelo Direito à Cidade e Lazer nos bairros de Paratibe e Artur Lundgren, em Paulista.
Vamos contar com a presença da arquiteta e integrante do Escambo, Luana Alves, com quem conversamos sobre a história do coletivo, as lutas que tem realizado no território e a importância da comunicação popular, dentre outras temáticas.
Quinta às 15h pela Frei Caneca FM.
freicanecafm.org/

O inverno recém começou e as chuvas, junto à falta de infraestrutura, saneamento básico e investimento por parte do Estado em todas as suas esferas (municipal, estadual e federal) fizeram com que a Região Metropolitana do Recife se convertesse numa zona de catástrofe.

Com a participação de: Amanda Salazar, Dara Alves, Débora Paixão, Edicléia Santos, Joelma Andrade, Joice Paixão,Yanne Mendes e Lucas Silva.

freicanecafm.org/

Neste programa do Almanaque da Aconchego conversamos com Lígia Leandro, assistente social e fotógrafa, que atua na comunidade do Córrego do Jenipapo, localizada na zona norte do Recife. A conversa foi sobre a história e atuação do coletivo no território e as estratégias que a equipe utiliza para fazer comunicação popular.

Vem folhear conosco o Almanaque da Aconchego. Quinta-feira às 15h pela Frei Caneca FM. freicanecafm.org/

Oreste boosted

#recife #chuvas #solidariedade

Galera, peço mais uma vez aqui a quem puder ajudar escolher um dos grupos descritos no link e enviar uma doação. A situação lá em Recife está bem crítica, mais de 100 mortos e mais de 4000 pessoas desabrigadas.

mapasolidario.riacho.info/urge

Qualquer informação adicional pode colar no grupo da Aconchego no Telegram (t.me/radioaconchego) que tem muita gente envolvida ou com contato direto com estes coletivos.

Oreste boosted

Galera, a situação aqui em Recife e RMR está bem crítica. Quem quiser e puder ajudar, compartilho aqui um link com informações de organizações diversas que estão aceitando doações
brasildefato.com.br/2022/05/29

Com a presença do estudante de Jornalismo e integrante do Coletivo Fruto de Favela, Daniel Paixão, o programa de hoje do Almanaque da Aconchego vai conhecer mais sobre a realidade da Favela do Jacaré, em Maranguape I, Paulista PE.

Um papo bem legal sobre as possibilidades que nascem da favela e do envolvimento dos/as jovens com educação, comunicação e tecnologia.

A Toca do Saci vai trazer dicas de como ouvir a Rádio Comunitária Aconchego desde qualquer lugar do mundo.

Oreste boosted

No programa do Almanaque da Aconchego conversamos com Vanessa Gonzaga, editora chefe do Brasil de Fato Pernambuco. O papo girou entorno da história do coletivo em PE, de como definem as pautas e da importância de contar com uma redação diversa. “Essa redação diversa é fruto de algo que a gente se colocou como meta”, aponta a jornalista.
A Toca do Saci, apresenta nosso jardin digital: o blog da Rádio Comunitária Aconchego.

Quinta-feira - 15h - Frei Caneca 101.5 FM.
freicanecafm.org/

Neste programa do Almanaque da Aconchego visitamos uma experiência de comunicação nascida na Ilha de Deus, zona Sul do Recife. Conversamos com Teresinha Filha, que nos conta do surgimento do Caranguejo Uçá e da Rádio Boca da Ilha.
A Toca do Saci traz elementos para pensarmos as rádios livres e rádios comunitárias no Brasil com uma crítica contundente à lei de Radiodifusão Comunitária.
Vem folhear conosco o Almanaque da Aconchego. Quinta-feira às 15h pela Frei Caneca. freicanecafm.org/

Queremos convidar todas/os para participar de nosso webnário “Organização e Resistência frente aos mega empreendimentos de energias”.
Refletir e debater estratégias de organização e resistência frente aos megaempreendimentos de energia “limpa”, que estão rasgando o Nordeste.

Com a presença de:
liderança indígena Potiguara do RN, Tayse Campos; a diretora do STR Solânea-PB, Céu Silva;
o professor da UFRPE, Tarcísio Silva; e a presidenta da Assoc. Sítio Ágatha, Luiza Cavalcante.

Primeiro programa do Almanaque da Aconchego disponível em nosso jardim digital
radioaconchego.milharal.org/al

Uma conversa massa sobre comunicação popular, gênero e território com Paulinha Menezes, da Coletiva Cabras (da comunidade do Bode - Recife PE).

Confere e comenta com a gente!

Hoje às 15h estreia o programa Almanaque da Aconchego, pela Frei Caneca FM - rádio pública do Recife.
O Almanaque da Aconchego é um passeio pelas aventuras da comunicação livre e popular... Na nossa estreia contamos a presença de Paulinha Menezes da Coletiva Cabras (da comunidade do Bode).
A partir de amanhã, disponível em radioaconchego.org

Show older
Ursalzona no Mastodon

A URSAL.zone é uma instância moderada com foco em militantes progressistas, feministas e antifascistas da América Latina contrários a todas as formas de opressão, exploração e humilhação entre seres humanos. Discursos de ódio, propagação de mentiras e pornografia comercial são proibidos. Leia nosso Código de Conduta para mais informações.